Crédito à habitação

O que precisa de saber sobre o crédito à habitação

Está a pensar adquirir um crédito à habitação? Fique connosco e saiba mais sobre este tipo de empréstimo

 

O crédito à habitação consiste num contrato de empréstimo da instituição de crédito ao cliente por um determinado período de tempo, utilizado para a aquisição, construção e realização de obras em habitação própria, permanente, secundária ou destinada a arrendamento, bem como para a aquisição de terrenos para construção de habitação própria.

 

O seguro de vida é obrigatório?

Não, mas é exigido pela maioria das instituições. Estas devem informar o cliente, antes da celebração do contrato, se é obrigatório obter um seguro de vida. Caso seja exigido obter um, o cliente pode decidir livremente a seguradora da qual o pretende obter. As instituições devem apresentar de forma clara todas as condições inerentes à contratação do crédito, estando obrigadas por lei a publicitar o valor das comissões e despesas nos preçários que têm afixados nos balcões e na Internet.

 

Taxa de juro

Os créditos à habitação podem ser concedidos com taxa de juro variável ou fixa. Caso seja variável, altera-se ao longo da vida do empréstimo, sempre que ocorre a revisão do valor do indexante, sendo que este valor se altera ao longo do tempo devido a fatores alheios ao empréstimo.

 

No caso da taxa de juro fixa, o cliente sabe à partida qual é a taxa que vai vigorar até ao final do prazo do empréstimo. No momento em que o cliente contrata um empréstimo é normal que a taxa de juro fixa seja mais alta que a variável, sendo que apenas no final do empréstimo é que o cliente sabe qual teria sido a melhor opção na altura em que celebrou o contrato.

 

 

Outras informações:

  • O cliente pode amortizar parte do empréstimo em qualquer data de pagamento das prestações, tendo apenas de avisar a instituição de crédito com 7 dias de antecedência. Nesse caso, a instituição pode cobrar uma comissão.

  • O acesso ao crédito de habitação está, em princípio, assegurado a qualquer agregado familiar. No entanto, a instituição de crédito não é obrigada a conceder o empréstimo.

  • Pode transferir o seu crédito habitação para outra instituição de crédito a qualquer momento da vigência do contrato, tendo apenas de avisar o banco com dez dias úteis de antecedência.

  • Caso aceite ser fiador, só pode deixar de o ser se o banco concordar com a sua substituição. A fiança é uma garantia para a instituição de crédito, caso o devedor não consiga cumprir as obrigações contratuais.

 

Clique aqui para saber mais sobre crédito habitação em Portugal!