Prepara-se, a renda da casa vai subir 1,1% em 2018

Aumento das Rendas
Posté par Inês ALMEIDA Il y a 2 Mois
Catégories :
Imobiliário Portugal

Esta é a altura ideal para comprar casa, antes que a renda suba mais

 

As rendas dos imóveis em Portugal vão subir 1,1% no próximo ano, de acordo com os dados apresentados pelo Instituto Nacional de Estatística. Este vai ser o maior aumento desde 2013 e representa o dobro da subida verificada este ano, que se situou apenas nos 0,54%. Cerca de 600 mil famílias e 100 mil comerciantes vão sofrer um aumento nas rendas em 2018.

 

Para já, ainda não se sabe ao certo o valor final da percentagem de inflação que vai regular o aumento das rendas no próximo ano. Este será conhecido em Setembro e publicado a 30 de Outubro. No entanto, a evolução do Índice de Preços no Consumidor de 2017 indica que no próximo ano o valor irá rondar os 1,1%, que tem sido a variação média dos 12 meses anteriores a Julho.

 

A atualização de rendas vai-se aplicar a um total de 700 mil habitações arrendadas após 2006, ao abrigo do Novo Regime do Arrendamento Urbano (NRAU), assim como a milhares de imóveis comerciais. O que na prática significa que a cada 100 euros de renda vai corresponder um aumento de €1,10.

 

Este ano o aumento foi de apenas €0,54 por 100 euros de renda e, em 2016, os 0,16% fixados legalmente não produziram aumentos dignos de nota. Em 2015, por seu turno, não houve qualquer tipo de aumento, e em 2014 o aumento foi apenas de 0,99%. 2013 foi o último ano em que se deu um aumento significativo nas rendas, com 3,36% de inflação, sendo que em 2012 a inflação foi de 3,19%.

 

Nos anos de crise em Portugal, em 2010 e 2011, a actualização das rendas foi de zero o 0,3%, respectivamente. O valor que vai ser publicado em Setembro é também o índice que orienta a actualização de pensões de alimentos e diversas pensões e subsídios pagos pelo Estado.

 

Fonte: Dinheiro Vivo