Juros na habitação continuam em mínimos históricos

Juros na Habitação
Par Inês ALMEIDA Il y a 7 Mois
Catégories :
Últimas Notícias

Taxas de juro em fevereiro registaram o segundo valor mais baixo de sempre

 

Esta é das melhores alturas para os portugueses contraírem créditos à habitação, pois os bancos estão a cobrar as taxas mais baixas de sempre e estão a facilitar a obtenção de crédito. No primeiro mês do ano, os juros cobrados pelos bancos atingiram um novo mínimo (1,44%).

 

Em fevereiro deu-se uma ligeira subida dos juros para 1,46% que, ainda assim, não altera o cenário de mínimo histórico. Este é o segundo valor mais baixo de sempre, só superado pelo registado no mês anterior, de acordo com o Banco de Portugal.

 

As taxas de juro médias nos novos créditos à habitação para particulares fixaram-se nos 1,46%, sendo que o volume de novas operações totalizou os 676 milhões de euros. Relativamente ao crédito ao consumo, as taxas de juro fixaram-se nos 7,47% e nos créditos para outros fins, como saúde ou educação, por exemplo, as taxas situaram-se nos 3,73% para novos empréstimos.

 

Relativamente aos novos empréstimos, o Banco de Portugal sublinha que se deu um aumento de 25 pontos base nos juros médios cobrados pela banca, para um total de 2,46%.

 

“A subida refletiu o aumento em 8 pontos base da taxa de juro das operações acima de 1 milhão de euros para 1,73% e, também um maior peso das operações abaixo de 1 milhão de euros, que apresentaram uma taxa de juro média mais elevada (2,86%)”, explicou o Banco de Portugal.

 

 

Fonte: Dinheiro Vivo